Sazonalização da energia nos contratos para 2022

Está na hora de sazonalizar os contratos de energia para 2022

Pois bem, novembro chegou e conforme as cláusulas que regem os contratos de energia do mercado livre, começa a temporada de sazonalização de energia para 2022. 

Mas o que é sazonalização da energia?

Conceitualmente, a sazonalização é o processo de alocar mensalmente um montante anual de energia elétrica, permitindo que o consumidor livre distribua mais ou menos energia em determinados meses do ano.

Essa condição, pode ser flat ou com flexibilidade que varia entre 10% e 15%, depende de cada contrato e é negociada entre o consumidor e o fornecedor de energia no momento da contratação.

Para que serve a sazonalização da energia?

Essa ferramenta permite aos consumidores distribuir o volume de energia anual contratado nos meses do ano seguinte, de acordo com a previsão de consumo. Esse recurso permite a alocação de mais energia nos meses de maior consumo e, por outro lado, pode alocar menos energia nos meses de menor consumo, de forma que o volume total anual não seja alterado.

A distribuição dessa energia dependerá da estratégia de negócios de cada empresa no mercado livre de energia,  que pode optar por apostar em uma condição futura de mercado, assumindo o risco frente ao PLD – Preço da Liquidação das Diferenças, ou, conforme o seu perfil de consumo, adequar essa distribuição de forma que não ocorra sobra ou déficit de energia no decorrer do ano e que a empresa não fique exposta no mercado de curto prazo, protegendo-se das oscilações do PLD e, proporcionando dessa forma, uma melhor previsibilidade orçamentária para o negócio.

O gráfico abaixo representa um exemplo de sazonalização para um contrato de volume anual de 1 MW Médio e 10% de limites. 

Está na hora de sazonalizar os contratos de energia para 2022

O que é preciso para realizar a sazonalização da energia?

  • Conferir se o contrato de compra de energia possui a previsão de sazonalização da energia contratada;
  • Efetuar uma análise detalhada do consumo histórico de energia da sua empresa, no mínimo dos últimos 12 meses, identificando quando o consumo é maior ou menor;
  • Estimar a curva do consumo de energia (sazonalização) para o próximo ano, dentro dos limites estabelecidos em seu contrato, e formalizar junto ao fornecedor de energia dentro do prazo estabelecido para a comunicação.



Right Menu Icon