Reajuste tarifário nas distribuidoras de energia: o que muda a partir de julho?

Reajuste tarifário nas distribuidoras de energia: o que muda a partir de julho?

A ANEEL divulgou recentemente alguns reajustes aprovados para algumas distribuidoras de energia. O reajuste tarifário que estava previsto para os meses de março à junho deste ano, foi prorrogado devido a pandemia causada pela COVID-19, e entrarão em vigor a partir do dia 01 de julho de 2020.

CEMIG

A Aneel aprovou no dia 25/06 o reajuste nas tarifas da distribuidora. De acordo com as informações, o reajuste médio será de 4,27%.

  • Para os consumidores de alta tensão, a previsão de aumento é de 6,19%;
  • Para os consumidores de baixa tensão, o aumento previsto é de 3,43%.

Os valores serão aplicados de forma retroativa a 28/05.

COELBA

Durante o reajuste tarifário de 2020, Coelba foi autorizada pela Aneel a aplicar um aumento médio de 5% em suas tarifas.

  • Para os consumidores de alta tensão, o ajuste é de 5,38%;
  • Já para os consumidores de baixa tensão, o aumento é de 4,85%.

ENEL CE

A ENEL CE também terá ajustes a partir do dia 01 de julho. O aumento médio previsto pela Aneel é de 3,94%.

  • Para consumidores de alta tensão, o reajuste será de 3,78%;
  • Para consumidores de baixa tensão, o aumento previsto é de 4%.

CPFL Paulista

O reajuste tarifário aprovado pela Aneel em abril foi suspenso até o dia 30 de junho, entrando em vigor no dia 01 de julho de 2020. A partir dessa data, o reajuste médio será de 6,05%.

  • Para consumidores de alta tensão, o reajuste médio será de 6,72%;
  • Para consumidores de baixa tensão, o percentual será de 5,71%.

COSERN

A Cosern também terá seu reajuste em vigor a partir do dia 01 de julho de 2020. O reajuste médio é de 3,40%.

  • Para consumidores de alta tensão, o reajuste será de 4,27%;
  • Para consumidores de baixa tensão, o reajuste será de 2,92%.

Equatorial (AL)

Para a Equatorial, o reajuste tarifário médio será o mais alto até então, de 9,85%.

  • Para os consumidores de alta tensão, o reajuste é o mais alto previsto: 11,68%.
  • Os consumidores de baixa tensão terão reajuste de 9,16%.


Simulações pós Reajuste Tarifário

Realizando uma análise do faturamento de junho utilizando as novas tarifas homologadas, mantendo as mesmas características de consumo projetamos os seguintes resultados para CEMIG e COELBA:

Reajuste CEMIG 2020
Reajuste CEMIG 2020
Reajuste COELBA 2020
Reajuste COELBA 2020

O maior impacto observado nos reajustes foi sobre a parcela Fio em ambas Distribuidoras, sendo o maior reajuste verificado para os consumidores atendidos em A2 da CEMIG, com elevação de 11,1%. É esperado um custo de 4,4% maior para os consumidores do ACL conectados em A2 na CEMIG para o próximo ano de faturamento.

Para consumidores COELBA conectados em A2 e A3 a expectativa é que aumentem seus custos no ACL em cerca de 3% com as novas tarifas homologadas.

Quer simular qual foi o real impacto dos reajustes tarifários para sua empresa? Entre em contato conosco. Podemos te ajudar!