PLD Horário

PLD Horário

Segunda fase de PLD horário será implementada em 2021: O que muda e como funciona o novo modelo?

O Preço Horário (DESSEM- Modelo de Despacho Hidrotérmico de Curtíssimo Prazo) começou a ser discutido há 20 anos, e finalmente começou a ser implementado em janeiro de 2020. A segunda e última fase será implementada em janeiro do próximo ano. 

A primeira fase, adotada em 2020, foi caracterizada pela adoção do DESSEM na programação da operação, para reduzir as assimetrias de informações e permitir que os agentes tenham maior reprodutibilidade.

Já na segunda fase, que será implementada no próximo ano, a CCEE passará a adotar o DESSEM também para fim de cálculo do Preço da Liquidação das Diferenças, PLD, para contabilização e liquidação.

O que muda, de fato com PLD Horário? 

A diferença mais marcante entre o sistema que estávamos acostumados e o novo sistema de PLD Horário é que a energia no Mercado de Curto Prazo passará a ser precificada diariamente, em base horária. Antes, o cálculo era semanal e distribuído em patamares: leve, média e pesada.

A mudança pode trazer diversos benefícios, como:

  • redução do ESS, Encargo de Serviço do Sistema;
  • distribuição de custos mais justa;
  • preços mais justos e próximos do custo real de operação do sistema elétrico;
  • possibilidade de atuar com resposta à demanda, geração distribuída, programas de armazenamento de energia; etc.