Exposição no MCP e Balanço Energético

Exposição no MCP e Balanço Energético

No Mercado de Curto Prazo ( MCP), o Balanço Energético é realizado considerando uma sequência de etapas de cálculo com para apuração das diferenças entre as volumes medidos e contratados de cada agente da CCEE.

O Balanço Energético do agente corresponde às diferenças entre a energia verificada total consolidada de ativos de geração (incluindo as eventuais alocações originárias do MRE) e consumo, e a posição contratual líquida apurada por submercado, patamar de carga e semana, sendo calculado conforme expressão a seguir:

“Balanço Energético” – Regras de Comercialização CCEE

No MCP é verificado se um agente se manteve dentro das condições contratadas ou se teve exposição positiva ou negativa a ser submetido à volatilidade do período de liquidação das diferenças.

Ficar exposto ao MCP é bom ou ruim?

O gatilho para avaliar se a exposição no balanço energético será boa ou ruim para o agente depende de três informações, duas de responsabilidade do agente (Gestão de consumo e Gestão de contratos de energia) e uma terceira do cruzamento de informações de várias bases de dados externas (Influência do PLD).

1 – Gestão de consumo

É responsabilidade do agente consumidor ou comercializador entender quais serão os montantes corretos para seus contratos no Mercado Livre de Energia, seja por meios próprios, seja por meio de consultoria especializada.

Parte do agente o controle de seu consumo no mês e da contratação de energia em montante necessário e com melhor preço possível de energia. O fato de um agente ter um valor a ser liquidado no MCP está ligado a sua decisão de consumir mais ou menos energia elétrica em determinado ciclo de faturamento.

2 – Gestão de contratos de energia

Quanto ao preço de energia, a adoção boas práticas comerciais, a promoção de concorrência entre comercializadoras e a atenção aos melhores momentos de compra de energia trazem aos agentes ganhos nas contratações e melhores resultados.

3 – Influência do PLD

Já a informação externa, a qual o agente não detém controle é o Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), balizador das contratações de energia no MCP.

O PLD (Preço de Liquidação das Diferenças) é determinado em base semanal, considerando três patamares de carga, para cada submercado do sistema elétrico brasileiro.

A definição dos submercados é responsabilidade do ONS e contempla a seguinte divisão do sistema elétrico brasileiro: Norte, Nordeste, Sudeste/Centro-Oeste e Sul.

O PLD é calculado em base ex-ante (considerando informações previstas de disponibilidade e carga) para as semanas que se iniciam aos sábados e terminam na sexta – feira, podendo conter dias de dois meses adjacentes. Os preços servirão para a liquidação de toda a energia não contratada entre os agentes.

Fonte: Base de dados CCEE

Avaliar se ficar exposto no MCP é bom ou ruim depende da relação feita entre o preço de energia contratada e o PLD do período de faturamento.

Balanço de Energético

Situação desfavorável ao agente no MCP

Ficar exposto é ruim quando na apuração dos resultados do mês o agente tenha que comprar energia e o PLD seja maior que seu preço atualmente contratado com seu fornecedor. Significa que ele não comprou energia suficiente e terá que quitar o débito a um preço maior que o preço que tenha atualmente contratado junto ao fornecedor. Nesse caso falamos de uma energia mais cara para o montante a ser liquidado.

Ficar exposto é ruim quando na apuração dos resultados do mês o agente tenha que vender energia e o PLD seja menor que seu preço atualmente contratado com seu fornecedor. Significa que ele comprou energia a um preço e terá que vender o crédito a um preço menor.

Situação favorável ao agente no MCP

Ficar exposto é bom quando na apuração dos resultados do mês o agente tenha que comprar energia e o PLD seja menor que seu preço atualmente contratado com seu fornecedor. Significa que ele não comprou energia suficiente e terá que quitar o débito a um preço menor que o preço que tenha atualmente contratado junto ao fornecedor. Exato, energia mais barata para a liquidação.

Ficar exposto é bom quando na apuração dos resultados do mês o agente tenha que vender energia e o PLD seja maior que seu preço atualmente contratado com seu fornecedor. Significa que ele comprou energia a um preço e poderá vender seu crédito a um preço maior. Nesse caso significa Lucro, entrada de capital para a empresa.

Resultados do MCP pós balanço energético

Finalizadas as negociações do MCP, resolvidas as questões de liquidação, caso necessárias, é realizado ajuste de montantes, registro e validação das informações pelas contrapartes.

Quer melhorar suas relações e contratações no Mercado Livre de Energia? Conte conosco, somos uma consultoria independente e que atua alinhada aos interesses dos nossos agentes representados na CCEE.



Right Menu Icon