Exigência para consumidor livre será reduzida 1º de julho

A partir do próximo dia 1º de julho, os consumidores com carga a partir de 2,5 MW poderão consumir energia de fonte convencional, antes só permitida a clientes com cargas acima de 3 MW. Essa será a primeira flexibilização das exigências do mercado livre de energia desde que esse ambiente de contratação de energia foi criado, acompanhando uma tendência mundial em dar mais poder de escolha para o consumidor de eletricidade.

A decisão de reduzir as barreiras do mercado livre foi uma das últimas medidas tomadas pelo governo do ex-presidente Michel Temer em 2018. Em primeiro de janeiro de 2020, a régua será reduzida mais uma vez, agora para 2 MW.

Fonte: ANEEL



Right Menu Icon