Digitalização no Mercado de Energia

Digitalização no Mercado de Energia

A digitalização no mercado de energia é vista como um eixo muito importante para a evolução e sua transição energética setorial. Compreenderá muito mais que a integração das informações de geração, microgeração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Trata-se de uma pauta que deverá garantir a atualização dos sistemas elétricos e o aprimoramento dos mecanismos de negociação do setor.

A digitalização incentivará a criação produtos para atender contextos de indústria 4.0, ao crescimento de machine learning, aos mecanismos de compliance e de segurança de mercado.

A agenda da digitalização deverá ser acompanhada da atuação dos agentes públicos na atualização regulatória, legislativa e jurídica. Lastreado por um ambiente seguro e com regras definidas, veremos investimentos em novas tecnologias, produtos e serviços para o setor elétrico brasileiro.

A necessidade de caminharmos para a digitalização é urgente. A oferta de energia elétrica no Brasil vem ampliando ano a ano com a geração de energia elétrica descentralizada. Dessa forma, para garantir a operação segura e com menor custo do Sistema Interligado Nacional (SIN) , o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) se vê a cada dia mais desafiado a desenvolver mecanismos mais abrangentes e com algoritmos capazes de aprender com as experiências e direcionar às melhores escolhas do ponto de vista da estratégia de operação.

A digitalização introduzindo tecnologias de IoT e blockchain criam enormes expectativas para o aprimoramento dos processos e consequente redução de tempo nas atividades e nos custos finais com energia elétrica.

Digitalização e blockchain

O blockchain é tido como uma tecnologia disruptiva no setor elétrico. Ao utilizar mecanismos de checagem dos elos de verificação, apontam o estado dos agentes e eleva as garantias e a confiança sobre as informações armazenadas.

O blockchain deverá trazer segurança, transparência, confiabilidade, redução de intermediários nas operações, a automação de processos e operações no mercado de energia elétrica. Uma das principais consequências esperadas é a redução dos custos operacionais sem a redução da segurança e das garantias nas relações dos agentes.

Digitalização e IoT

A IoT em amplo crescimento, permitindo ações de transmissão de informações de linhas de produção, de integração com sistemas de machine learning, de automação de atividades produtivas, de predição, e no mais alto nível contribui com o armazenamento de dados e integração com sistemas analíticos. .

A IoT está contribuindo com a digitalizando o setor elétrico. À medida que os agentes estruturarem em seus negócios estratégias de analytics, veremos um ambiente favorável aos insights de inovação. Veremos a IoT trazendo ganhos no tempo de resposta às necessidades do setor e colaborando com o crescimento da cultura de inteligência operacional baseada na ciência de dados.



Right Menu Icon